Tivemos 97.798 leitores em 2016 - 8150/mês, 90.905 em 10 meses de 2017 e mais de 320 mil desde julho/2010 (3.580 por mês, durante mais de sete anos)

30.8.17

Termas romanas de Tomar, ficam visíveis neste final de verão

Ruínas das Termas Romanas, em recuperação, sob a orientação do Arqueólogo Carlos Batata, ficarão no final do verão visíveis, junto ao Pavilhão Municipal, num investimento na salvaguarda do nosso património histórico.

26.8.17

Pedro Marques, de novo ao "assalto", no PS

Foi durante oito anos presidente da Câmara, eleito pelo PS nos anos 90 do século passado. Após ter ganho a Câmara com 51%, foi afastado de ser recandidato por unanimidade da Comissão Política do PS, em 1996, por sucessivas suspeitas, nunca devidamente justificadas, face a processos administrativos na área da gestão do urbanismo. 

Desaparecido durante oito anos, voltaria em 2005 a apresentar-se como candidato independente à Câmara, vindo sempre a ser eleito vereador. 

A sua atuação foi sempre no mesmo sentido: lançar permanentes suspeitas sobre a idoneidade dos demais autarcas, numa perspetiva de avaliação, como se todos agissem, no século XXI, como ele parece ter agido no século XX.  

Consciente do seu esvaziamento, após a vitória do PS em 2013, apenas lhe interessou sempre o acesso aos serviços do urbanismo, onde acaba por ter um “especial gosto” de acompanhar determinados processos. 

Barrado pelo vereador José Vitorino (PS), em 2010-11 e pelo vereador Rui Serrano (PS) em 2014-15, para não haver qualquer tolerância de intromissão ou tentativa de “influenciar” decisões, Pedro Marques, sentiu que após a minha saída de chefe de gabinete em dezembro 2015, do vereador Serrano em agosto de 2016 e, especialmente depois das condenações de Anabela Freitas em 2017, que o caminho estaria LIVRE. 

Daí a ser mandatário da candidatura do PS, ía um passo. 

E o PS, que fez um percurso longo de oposição - entre 1998 e 2013, sem nunca transigir com quaisquer apoios ou ajudas habituais nestas coisas, e que ganhou o poder de forma LIMPA, desistiu de resistir…


Tomar merece isto?

A candidata "condenada" e o seu mandatário, afastado em 1996 por unanimidade pelo PS de ser seu recandidato

22.8.17

BE: Luis Santos, o candidato em entrevista

Na preparação das eleições autárquicas de 2017, a Rádio Hertz realizou uma série de entrevistas com os cabeças de lista - candidatos a presidentes da Câmara.

Entendo importante partilhar este trabalho, uma vez que também a percepção daquilo que são as ideias, ajudará os cidadão eleitores de Tomar a fazerem uma escolha mais consciente.

Como sempre costumo dizer, o saber não ocupa lugar.


16.8.17

CDS: Nuno Ribeiro, o candidato, em entrevista

Na preparação das eleições autárquicas de 2017, a Rádio Hertz, iniciou neste início de agosto uma série de entrevistas com os cabeças de lista - candidatos a presidentes da Câmara.

Entendo importante partilhar este trabalho, uma vez que também a percepção daquilo que são as ideias, ajudará os cidadão eleitores de Tomar a fazerem uma escolha mais consciente.

Como sempre costumo dizer, o saber não ocupa lugar.

10.8.17

Zona Industrial, mais um mandato a marcar passo

Apresentado desde o início deste mandato autárquico, como uma prioridade, aliás obrigatória de trabalhar, por força do acordo político entre o PS e a CDU, pouco mais foi produzido, do que a alteração do nome - de zona industrial, para Parque Empresarial de Tomar (PET) e a reformulação do Regulamento, que era o mesmo desde 1982.

Faltava um projeto estruturante, que pudesse qualificar o PET, colocando-o como área de localização empresarial dinâmica, com boas zonas de expansão e de serviços complementares.

No final de 2015, lá se conseguiu fazer uma candidatura, a qual podia constituir um investimento até a um máximo de 2 milhões€. Depois disso, alguém ouviu falar do assunto? Pois!


Tomar merece isto? 

2.8.17

Obrigado Luis Boavida: as melhoras!

A saúde está primeiro.

A tua desistência da candidatura muito difícil que tinhas, para destronar o poder do PS em Tomar, para prosseguires o tratamento que a doença oncológica que anunciaste ter obriga, só te dignifica, amigo Luis Boavida.

Obrigado pela presença, temporária, na política ativa tomarense....

Perante adversários como tu, só nos temos de curvar e agradecer.

Obrigado e as melhoras.